«

»

fev 17

‘Bloco da Segurança’

por Dr. Orildo Nogueira

Aproximam-se os festejos carnavalescos, boa oportunidade que temos de conversar com nossos filhos, parentes e amigos sobre prevenção, cuidados que se devem tomar neste período onde tudo parece liberado.

Destaco os excessos de álcool e drogas que muitas vezes levam à morte ou lesões graves e permanentes.

O relaxo com nossa vigilância, face o estado de embriaguez por álcool e drogas, nos tornando presas fáceis de marginais ( roubos, furtos, golpes) ou com o próprio corpo, dirigindo embriagado, mantendo relações sexuais sem a devida proteção, motivando uma gravidez indesejada e/ou doenças sexualmente transmissíveis – DSTs e AIDS.

Vamos lá, pai, mãe, padrinho, tio, irmão mais velho, agora é também a hora de mostrar seu amor, seu carinho, seu respeito a eles ( crianças, jovens, adolescentes). Aproveite o momento que antecede o ” Feriadão de Momo”, provoque uma conversa, um bate papo sobre o assunto. Excesso de álcool, drogas, perturbação da tranqulidade, dirigir com responsabilidade, cuidados com o corpo, prevenção às doenças e acidentes, respeito às leis e as pessoas.

Mostre pelo exemplo como é que se faz para curtir o carnaval, rever amigos, parentes, viajar, ouvir música, brincar, estreitar relacionamentos, sem parecer que o mundo vai acabar amanhã ou na quarta feira de Cinzas, e ter que tomar muita bebida alcóolica, usar expedientes não inteligentes, colocando-se em situação de risco – a pessoa ou terceiros inocentes.

Vamos lá aproveite o momento, a alegria contagiante desse período, com entusiasmo, com criatividade, com amor, converse, dialogue, dê a maoi  aula de cidadania e responsabilidade através do seu exemplo de homem, mulher, pai, cidadão e tenha momentos felizes com sua família e amigos.

É capaz?

Certeza que sim.

Ajude nos a diminuir o número burro e lamentável de acidentes automobilísticos com mortes e lesões que a cada ano, a cada carnaval, como praga, aumentam os números estatísticos e o que é pior, provocam a dor de familiares que veem seus sonhos e de seus familiares ruírem por uma ” inocente cervejinha a mais”, por expressões como: ” coisa de jovem” ” não consigo, esse menino não me ouve”, ” é só uma travessura de adolescente” etc

Bom carnaval a todos

Até quarta, com saúde, inteiros e agredecendo a Deus por termos sido hígidos com nossos corpos e nossas mentes e, com criatividade peculiar de brasileiros, força e motivação para vencer mos o ano que efetivamente se inicia.

ORILDO NOGUEIRA – DELEGADO DE POLÍCIA NECRIM E DDM- Lins

DELEGADOS.com.br
Revista da Defesa Social
Portal Nacional dos Delegados