«

»

nov 18

Terminais de Auto-atendimento

Confira algumas dicas importantes para aumentar sua proteção na hora de utilizar os terminais de Auto-atendimento:

» Verifique o equipamento antes de usá-lo. Se suspeitar de sinais de fraude (fiação aparente, indício de cola ou fita adesiva, dispositivos obstruindo a saída do dinheiro etc) não utilize-o.

» Se o terminal de Auto-atendimento estiver “fora de serviço” e não estiver nas dependências do Banco, não aceite oferta de estranhos para passar seu cartão em outro terminal, mesmo que se apresentem como funcionários do banco. Fraudadores têm utilizado esse golpe para clonar cartões (copiar os dados) e obter senhas;

» Em caso de retenção do cartão no terminal de Auto-atendimento, aperte a tecla ANULA ou CANCELA e comunique imediatamente ao Banco. Tente utilizar o telefone da cabine para comunicar o fato. Se ele não estiver funcionando, pode tratar-se de tentativa de golpe. Nesses casos, nunca aceite ajuda de desconhecidos, mesmo que digam trabalhar no Banco, nem digite senha alguma na máquina.

» Antes de iniciar a transação, verifique na tela se o equipamento está ativo ou “fora de serviço”. Caso esteja “fora de serviço”, não insira seu cartão.

» Ao digitar sua senha, mantenha o corpo próximo à máquina, para evitar que outros possam vê-la ou descobri-la pelo movimento dos dedos no teclado. As pessoas atrás de você devem respeitar as faixas de segurança.

» Fora dos horários comerciais prefira utilizar os terminais de auto-atendimento instalados em locais de grande movimentação e, se possível, em ambientes internos (shoppings, lojas de conveniência, postos de gasolina, etc.).

» Sempre que possível, faça seus saques no horário comercial, quando o movimento de pessoas é maior, evitando o período noturno. Quando precisar realmente sacar dinheiro à noite, leve um ou mais acompanhantes adultos para que fiquem fora da cabine, como se estivessem na fila.

» Em terminais de Auto-atendimento fora das agências, nunca aceite ou solicite ajuda de estranhos, mesmo que não lhe pareçam suspeitos;

» Esteja atento à presença de pessoas suspeitas ou curiosas no interior da cabine ou nas proximidades. Na dúvida, não faça a operação;

» Caso não consiga concluir uma operação, aperte a tecla ANULA ou CANCELA;

» Cuidado ao utilizar telefones desconhecidos, especialmente os celulares, para comunicar-se com o Banco, pois os dados de sua conta e senha ficam registrados na memória do aparelho. Além disso, você pode não estar falando com representante do Banco;

» Não se preste a receber créditos de pessoas desconhecidas em sua conta. Propostas desse tipo são feitas por golpistas, nas proximidades de caixas automáticas e de agências;

» Desconfie de vantagens financeiras ou dramas familiares que lhe sejam apresentados por desconhecidos na fila do caixa automático, especialmente propostas de utilização de sua conta para transferência de valores.