«

»

nov 18

Moda cria formas para driblar a ação de assaltantes

 

Uma jaqueta com esconderijo pra guardar dinheiro, documentos e o celular longe dos olhos e das mãos dos ladrões.

“A jaqueta tem um zíper no lado interno da manga e ele é escondido pela aba do próprio tecido”, explica Mariane Roarig, designer de moda.

Ao criar a mochila, a desenhista de moda pensou em como se proteger dos roubos, principalmente dentro do ônibus.

“Nós colocamos em outra parte um cadeado, que é um elemento interessante, além da proteção que ele dá e o ziper fica do lado de dentro. Para evitar corte de estilete, nós revestimos toda a bolsa com rede de pesca”.

Os bolsos da calça são à prova de furto “Todos os bolsos são mais fundos só que geralmente se encontrar no mercado e o bolso traseiro está fechado com o velcro”, explica.

Os designers do Senai também fabricam móveis com essa preocupação. Todas essas criações surgiram da observação do comportamento que as pessoas têm nas ruas, dentro dos ônibus e também da forma de agir dos ladrões.

As soluções estão no livro, escrito por um coronel da Polícia Militar do Paraná. Ele diz que 80% dos furtos nas ruas poderiam ser evitados se as pessoas soubessem como se prevenir e alerta para situações que chamam a atenção dos ladrões.

“Cuidado ao carregar a bolsa mais na parte das costas, o ideal é carregar à frente do corpo. A ideia é que a indústria passe também a incorporar estes conceitos. Muitos bens industrializados são atrativos para o criminoso. Se eles sofrerem pequenas alterações a pessoa estará adquirindo também uma cota de segurança”, comenta Roberson Bondaruk, policial militar.